• Assessoria

Pacote de apoio à pequenas e microempresas é uma das várias ações governo do PR, diz Gugu Bueno


Um pacote de apoio financeiro às pequenas e microempresas foi anunciado pelo governador do Paraná, Ratinho Junior, nesta terça-feira (6). E em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Paraná, o deputado estadual Gugu Bueno lembrou que os importantes anúncios do auxílio emergencial às empresas e a prorrogação do prazo de pagamentos de impostos, como o ICMS, integram um amplo leque de outras políticas públicas voltadas aos setores econômicos afetados pela pandemia.

O anúncio do auxílio emergencial coloca 86,7 mil empresas do Paraná com direito a um socorro de R$ 59,6 milhões, com recursos provenientes do Fundo Estadual de Combate à Pobreza do Paraná (Fecoop). Pequenas empresas cadastradas no Simples Nacional em quatro segmentos receberão R$ 1.000. Já os microempreendedores individuais (MEIs) de seis setores terão direito a R$ 500.

“Devemos ter a grandeza e a responsabilidade de conversar francamente com a nossa população e deixar claro que não foi apenas isso anunciado pelo nosso governador. Como, por exemplo, a transferência do pagamento do ICMS dos meses de março, abril e maio. Isso significa milhões de reais que o Governo do Estado fará o sacrifício de não receber em seus cofres neste momento, prorrogando o pagamento para os meses seguintes”, enumera Gugu Bueno.
“Soma-se as medidas anunciadas, tudo aquilo que já foi feito ao longo deste um ano de pandemia lá em março do ano passado, há mais de um ano. Com o pacote anunciado, o Estado chega a mais de R$ 1 bilhão de incentivo à economia, principalmente, buscando preservar os empregos do nosso povo do Paraná”, detalha o parlamentar.

Gugu Bueno lembrou ainda os outros programas implantados pelo governador Ratinho Junior, como o Cartão do Futuro, para incentivar a contratação de jovens aprendizes, e também o Cartão Comida Boa, que chegou a 800 mil paranaenses.


“Não podemos resumir ao anúncio como se fosse apenas esta ação de enfrentamento a pandemia. Nós temos resultados concretos de todas as ações presentes até hoje, seja através do Comida boa que beneficiou mais de 800.000 paranaenses nas suas necessidades, como o Cartão Futuro, em que o Governo do Estado do Paraná paga R$$ 300 para o para o empresário ofertar a oportunidade de emprego ao nosso menor aprendiz. É uma série de ações que tem resultado concreto e não podemos esquecer”.

Veja um resumo das ações e políticas públicas já adotadas pelo governo do Paraná.

  • Transferência dos pagamentos do ICMS de março, abril e maio para os meses seguintes;

  • Congelamento da dívida de 40 mil empresários que pegaram empréstimo com a Fomento Paraná;

  • R$ 15 milhões para atender empreendedores informais através da Linha Recupera Paraná;

  • R$ 31 milhões para as pequenas cooperativas

  • Cartão Futuro: Governo paga R$ 300,00 para as empresas contratarem jovens aprendizes no Paraná

  • Cartão Comida Boa que já beneficiou mais de 800 mil paranaenses e injetou R$ 113 milhões na nossa economia

  • Pacote econômico de R$ 1 bilhão lançado em março do ano passado, no começo da pandemia, para estimular a economia e preservar empregos.

0 visualização0 comentário